6 Ervas para repelir mosquitos e pragas de forma natural

  • CevherShare

ervas_repelente

1.Erva-cidreira
Também conhecida como Melissa, a Erva-cidreira (Melissa officinalis) vem da mesma família da menta e da hortelã e por isso possui um cheiro de limão, característico dessas plantas, com nuances de menta.
Melissa vem do grego e significa “abelha”. Apesar de atrair esses insetos, a erva é um poderoso repelente contra mosquitos e outros bichos indesejáveis por conter altos níveis de citronellal, o  componente responsável pelo aroma acentuado de limão.
Basta esmagar algumas folhas e esfregar nos braços, pernas e áreas expostas à picadas de mosquitos. Pessoas sensíveis à cheiros fortes devem evitar passar a erva muito próximo ao rosto. O uso deve ser evitado por grávidas e lactantes.
Outras propriedades da erva: melhora a digestão, promove o relaxamento, alivia o stress e a ansiedade, ajuda no combate a aftas, herpes labial e bolhas.

2.Citronela
Uma das ervas mais conhecidas no combate a mosquitos e outros insetos, a Citronela é amplamente usada na fabricação de repelentes, sabonetes, velas e como aromatizantes pelo setor alimentício.
As variedades Cybopogon nardus e Citronella winterianus são utilizadas na fabricação do óleo de citronella e mostraram ser as mais eficientes para prevenir picadas de mosquitos, embora algumas pessoas possam apresentar reações alérgicas na pele.
O óleo de citronela deve ser diluído em óleo carreador e aplicado nos braços, pernas e áreas expostas.

2.Catnip / Erva-de-gato
Pesquisas sugerem que a erva-de-gato pode ser dez vezes mais eficiente que o DEET, o principal componente químico usado em repelentes de insetos disponíveis no mercado. Isso graças ao Nepetalactone, uma molécula presente na erva que também repele formigas, besouros, pulgas, ratos, baratas e ratazanas.
A substância, no entanto, afeta quase todos os felinos, incluindo tigres, jaguares, leões e pumas, pois acredita-se que ela “imita” o feromônio dos gatos, provocando reações de euforia ou sedação nesses animais.
Assim como a erva-cidreira, o catnip deve ser esmagado e esfregado na pele. Pode-se também utilizar o óleo essencial diluído em óleo carreador.

3.Tagetes
No gênero Tagetes podemos encontrar 56 espécies de plantas como a flor-dos-mortos, cravo-amarelo, cravo-de-defunto, cravo-africano, cravo-da-índia e rosa-da-índia. Além de mosquitos, elas funcionam como excelente repelentes de pestes em hortas e jardins por causa do forte odor que exalam. As flores podem ser amarelas, alaranjadas e vermelhas.

4.Lavanda
Cultive lavanda em casa e você terá um local livre de insetos. A planta também tem propriedades calmantes. O óleo essencial de lavanda, aliás, funciona como um curinga, sendo útil de várias formas que vão desde manter a saúde e cuidar da beleza até cuidar da limpeza da casa.
Para fazer o repelente você pode diluir o óleo essencial em um óleo carreador como o óleo de amendôas, castanha de damasco, óleo de coco. O óleo de soja orgânico também pode ser uma ótima opção, pois a soja também é tida como um eficiente repelente contra insetos.
Outra dica é fazer um vinagre de lavanda. O vinagre é um bom repelente de insetos, carrapatos, mosquitos e pulgas. Combinado com a lavanda, se torna um poderoso repelente, que também pode aliviar coceiras e dores provocadas por picadas de insetos. Basta colocar flores de lavanda em um frasco, cobrir com vinagre de vinho branco ou de maçã e deixar macerando por duas semanas. Agite o frasco diariamente.

5.Hortelã
Insetos não gostam do aroma da hortelã-pimenta, por isso a erva pode ser esmagada e utilizada diretamente sobre a pele para afastá-los. Ela também tem dupla função, pois alivia a coceira provocada por picadas.
Um eficiente repelente, principalmente para quem tem alergia à picadas, é diluir em óleo carreador algumas gotas essenciais de óleo essencial de lavanda e óleo essencial de hortelã. Este último em menor quantidade, principalmente se for usado em crianças, pois ele pode provocar uma certa ardência em peles sensíveis. Dificilmente os insetos chegarão perto, mas se eles picarem, as chances de inchaço são mínimas.

Algumas medidas preventivas também podem ajudá-lo a se livrar dos insetos.

- Evite roupas escuras, pois elas são mais atraentes para insetos e abelhas.
- O corpo libera mais dióxido de carbono quando está quente ou após os exercícios físicos. Uma vela acesa ou fogo são outras fontes de dióxido de carbono.
- Evite comer alimentos salgados ou com alta concentração de potássio. O ácido láctico liberado pelo organismo após a ingestão de certos alimentos, assim como o exercício físico podem atrair insetos.
- Evite perfumes, produtos para cabelos e filtros solares com fragrâncias florais ou de futas.

Leave a Reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *

*

You may use these HTML tags and attributes: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <strike> <strong>